domingo, 10 de dezembro de 2017

Versões mais leves de Apps populares que travam menos o Android, confira !!!

O Android, infelizmente, tende a rodar mais lento ou até mesmo apresentar travamentos em celulares antigos. Por causa disso, diversas empresas criaram versões mais leves dos seus aplicativos para rodar em aparelhos com pouca memória RAM ou armazenamento curto. Além disso, alguns até mesmo economizam dados de navegação 3G para poupar o seu pacote de dados.
Se este é o seu caso, a boa notícia é que apps como Facebook, Twitter e outros adotaram este modelo. Confira uma lista com dicas de aplicativos leves para o seu smartphone com Android.

A rede social mais popular do mundo também é um dos vilões de recursos dos celulares Android. O aplicativo tradicional do Facebook costuma gastar muita bateria e armazenamento no celular do usuário, porém a versão Lite promete resolver bastante esse problema. A começar pela instalação, que é bem menor e ocupa menos espaço após instalada no smartphone.

Messenger Lite

Outro que não poderia deixar de falta é o Messenger, que também ganhou uma versão mais leve para ocupar menos espaço e gastar menos dados do usuário. Disponível para o Android 2.3 (Gingerbread) ou superior, o aplicativo permite que o usuário entre em contato com qualquer pessoa, crie conversas em grupo e compartilhe fotos, vídeos, links, figurinhas e emojis.
Assim como o Facebook Lite, a versão mais leve do Messenger ocupa menos de 10 MB de instalação no telefone e poupas dados de 3G do usuário. Além disso, o aplicativo é otimizado para funcionar em conexões mais lentas e instáveis, como as redes 2G.



Outra rede social que também tem uma versão mais leve é o Twitter. Feito para funcionar em redes 2G ou off-line, este aplicativo também ocupa pouco espaço de armazenamento. Além de possuir as principais funções, o programa também pode enviar GIFs, fotos e vídeos para os seus seguidores. Já se não quiser baixar o aplicativo, o usuário pode acessar mobile.twitter.com no celular.



Você usa o Skype para falar com frequência com seus amigos? Então, baixe a versão mais leve do aplicativo de chamadas de voz para conversar com os seus amigos. Como os demais apps dessa lista, o mensageiro da Microsoft gasta menos dados do que sua versão tradicional e também economiza o armazenamento. Além disso, o usuário que não gostou da reformulação recente do aplicativo pode encontrar no Lite uma versão clássica do Skype.



O Opera é um dos navegadores mais populares do mundo e a versão dele para Android promete ajudar o usuário a economizar sua franquia de dados. O Opera Mini traz um poderoso modo de economia de tráfego embutido e também permite que o usuário salve páginas para ler off-line antes de sair de casa.


Quem tem dificuldade de usar o aplicativo do Instagram no celular pode acessar a rede social através do navegar. Basta digitar www.instagram.com  e usar uma versão da rede social bastante similar ao que é encontrado no app oficial, porém sem ocupar espaço no seu telefone. Além disso, o site do Instagram ganhou ainda suporte à publicação de histórias direto do navegador.








sábado, 9 de dezembro de 2017

Conheça os filtros especiais de busca da Google Play


A Google começou a testar um sistema de filtros nos resultados das buscas feitas na Play Store, a sua loja oficial de aplicativos, livros, músicas e filmes. Já disponível para alguns usuários, a novidade permite filtrar os itens retornados em uma pesquisa para exibir apenas apps gratuitos ou então os pagos e melhores avaliados, por exemplo.
A novidade é uma ampliação das tags que aparecem como sugestão nas buscas da Play Store há quase um ano para vários usuários, com uma expansão lenta ocorrendo nesse período. Agora, ainda funcionando apenas para um número restrito de pessoas, a filtragem vem para facilitar ainda mais a vida de quem está em busca de um aplicativo.
É possível combinar diferentes filtros para chegar ao resultado perfeito para você, conforme mostram as capturas de tela publicadas pelo site Android Police. Assim, dá para escolher apenas programas gratuitos e sem publicidade ou então aplicativos pagos e melhores avaliados — as combinações podem variar.

O relato publicado no site, vindo de um leitor que já tem acesso à nova ferramenta de filtro, garante que tudo ainda não é o mais fluído e funcional por isso. Como se trata de um recurso novo, é provável que os testes ainda se desenrolem por um bom tempo até que tudo esteja suficientemente ajustado para ser oferecido a todos os usuários de Android.
Será que fechando Apps no Android economiza mesmo Bateria ? Mito ou Verdade ?


Todos nós temos o hábito de fechar todos os apps em segundo plano no nosso smartphone Android ou iOS, ou certamente você conhece alguém que faz isso o tempo todo. 
Quem tem aparelhos muito simples normalmente faz isso com a intenção de limpar a memória RAM e ter mais desempenho, mas a maior justificativa para esse tipo de coisa é diminuir o consumo de bateria.
Mas será que fechar todos os apps recentes realmente ajuda a economizar bateria em um smartphone. De acordo com os chefes de desenvolvimento do Android, Hiroshi Lockheimer, e do iOS, Craig Federighi, essa história não passa de um mito.
Responsável pelo Robô, Lockheimer explicou em um tweet de 2016 que o Android é otimizado para gerenciar os apps em segundo plano sozinho. “Mexer com isso [fechando apps manualmente] só causa mais problemas”, disse no microblog em resposta a um usuário.






Google disponibiliza Android Oreo 8.1 Veja as novidades


A nova versão da última edição do sistema operacional Android acabou de ser disponibilizada pela Google. Trata-se do Android Oreo 8.1, que vai trazer algumas correções e novidades para os usuários. Donos de celulares da linha Pixel e Nexus devem receber a notificação para que possam realizar o update de seus dispositivos a aprtir de amanhã (6). Outros smartphones com esse SO devem ser atualizados em breve.

A novidade foi revelada em uma postagem no blog da Google sobre a versão Go do Android Oreo, uma versão feita para smartphonesmais acessíveis. Lá é possível ver todas as novidades que o Android Oreo 8.1 vai trazer para os usuários – entre elas, a correção do bizarríssimo emoji de hambúrguer e das canecas de cerveja meio cheias – e nós as listamos aqui para você as que consideramos mais importantes:
  • A API de redes neurais vai permitir que aplicativos utilizem aceleração de hardware e tenham seu desempenho melhorado, além de manter dados sensíveis no próprio celular, o que aumenta a sua segurança.
  • O coprocessador para processamento de imagens e machine learning – já presente nos modelos Pixel 2 e 2 XL – vai estar disponível para desenvolvedores terceiros.
  • Os navegadores vão funcionar de maneira mais segura, pois os aplicativos serão capazes de detectar tentativas de WebView, o que ajuda a evitar o acesso a URLs maliciosas.
  • Vai ser possível visualizar o nível de bateria de seus dispositivos com Bluetooth que estiverem conectados ao seu smartphone.
  • Melhoria considerável na segurança via leitura de impressão digital, sendo possível bloquear permanentemente quem tentar burlar o sensor biométrico múltiplas vezes.
  • Problemas de som corrigidos no Nexus 5X, no Pixel 2 e 2 XL além, é claro, da mudança dos emojis estranhos da versão anterior do Android Oreo.



App Lançado pela Google promete economizar dados móveis em aparelhos com Android



O Datally permite gerenciar o gasto da internet no seu aparelho Android para você não gastar toda sua franquia antes do planejado. Geralmente, a operadora até avisa quando a franquia está acabando, mas só isso não é suficiente. O Datally promete que você vai conseguir economizar até 30% no uso dos seus dados móveis.

O aplicativo do Google vai te mostrar os detalhes do seu consumo de internet móvel. Depois de conceder ao app a permissão para acessar as informações da sua conexão móvel, você vai poder:

Ver o quanto cada aplicativo do smartphone está consumindo de dados.

Receber uma notificação sobre o volume de dados gastos.
Limitar o quanto os seus apps podem consumir da sua franquia.
Impedir o uso da internet por aplicativos em segundo plano.

Localizador de WiFi

Você tem o hábito de procurar redes públicas sempre que possível ou necessário? Pois é, muita gente faz isso para economizar os dados móveis do Android. O problema dessa prática é a segurança das redes públicas de WiFi, que nem sempre são confiáveis. 
Por isso, o localizador de WiFi é outro destaque do Datally: ele te ajuda a encontrar sinais de WiFi e apresenta avaliações de outros usuários sobre essas redes. O localizador ainda avisa se a rede é aberta ou precisa de senha, além de informar se você consegue a conexão por outro tipo de acesso.
Aprenda a usar o app
1. Depois de instalar o aplicativo pela Play Store, abra o Datally e veja os termos de serviço e a política de privacidade. 
2. Toque em continuar e permita o acesso a chamadas telefônicas. O app precisa dessa permissão para analisar os dados móveis.


3. Toque em "Abrir acesso ao uso" e ative a chave. Em seguida, escolha se deseja compartilhar os dados de desempenho dos seus dados com o Google. 
4. O próximo passo é selecionar o seu tipo de rede ou escolher "Não listada", caso ela não seja exibida. 



5. Toque em "OK" quando o app solicitar a configuração de conexão VPN; em seguida, selecione “Permitir”. 


6. Seu smartphone está pronto para economizar!
Agora você já pode acompanhar e controlar o uso dos seus dados móveis pelos aplicativos. Configure os recursos em "gerenciar dados" e veja o desempenho dos apps que mais estão consumindo seu 3G/4G.  
O Datally permite, ainda, consultar seu saldo, além de conferir na tela um diagnóstico sobre o consumo de dados de determinado app em primeiro plano. 





quinta-feira, 7 de dezembro de 2017


Atualização Transforma firefox no QUANTUM

Uma atualização do saudoso Mozilla Firefox chega ao modelo Quantum, no qual promete ser até 2x mas rápido que seu antecessor. Ele também traz inovações como um moto núcleo, que possui uma nova tecnologia criada pelo grupo de pesquisa da Mozilla.
Seu visual também foi alterado, possuindo agora elementos mais unificados e com o seu estilo mais modernizado, lembrando um pouco o design do Windows 10. Mas a principal proposta que o Quantum oferece é poder navegar por dezenas de páginas sem que seu computador trave, pois eles focaram principalmente no consumo de memória.

“Essa é de longe, a maior atualização que a Mozilla já realizou desde o lançamento do Firefox 1.0 em 2004, é simplesmente melhor em todos os sentidos. Ao instalar o Firefox Quantum, o usuário perceberá a diferença imediatamente.” - Diz a Mozilla.
Você pode encontrar essa nova versão para diversas plataformas, como: WindowsMacLinux AndroidiPhone, entre outros.

De cara, ao atualizar o seu Firefox para essa nova versão, você perceberá um aumento de desempenho, não achei que chegou totalmente a ser duas vezes mais rápido, porém o aumento de desempenho foi notável. Com isso, o Quantum consegue ser comparado ao Chrome, tentando disputar lado a lado.
Outro aspecto que podemos comparar é no consumo de memória RAM, no qual, o Quantum consume uma economia de até 50% comparado ao Chrome, tornando o sistema mais estável e não perdendo a comunicação, mesmo com várias abas abertas.
Em relação ao addons e extensões, ambas oferece um arsenal de utilitários que aperfeiçoam a utilização do navegador. A maioria deles sendo fornecidas por comunidades e empresas voltadas para a preferência do usuário.

Outro fator relevante do Quantum, é a maneira que ele passou a priorizar as abas que estejam executando alguma atividade. Caso uma aba esteja transmitindo alguma live ao vivo ou efetuando download, por exemplo, esses tipos de processo passarão a frente dos demais serviços.


A partir de 2018, a Apple vai começar a cobrar as compras realizadas dentro de suas lojas virtuais no Brasil em reais, de acordo com comunicado divulgado pela empresa nesta quinta-feira, 7, para seus clientes.
Até então, a as compras de filmes, aplicativos, livros, músicas e armazenamento feitas na App Store, na iTunes Store e na Apple Music eram cobradas em dólares. Por conta da flutuação da moeda, no entanto, os preços variavam, o que incomodava usuários brasileiros.
A companhia, no entanto, ainda não deu mais detalhes de como o processo de migração e estabelecimento de valores vai ser feito.
Empresas da concorrência já cobram por seus serviços no País em reais. O Google, por exemplo, aceita o pagamento na moeda nacional em sua loja virtual desde 2014. A Amazon, por sua vez, aceita pagamentos em reais no serviço Amazon Prime Video desde novembro deste ano.